Publicações
Quinta, 05 Abril 2018

Conforme índice, Londrina tem 57 pessoas desaparecidas

O Estado do Paraná conta, atualmente, com 1.945 pessoas desaparecidas. Pelo menos é o que mostrava o site 'desaparecidos.pr.gov.br', da Polícia Civil, até o último dia 2. No sistema, constam os desaparecimentos em que foram registrados boletins de ocorrência. Baseado neste banco de dados, Londrina possui 57 pessoas desaparecidas: 56 adultos e uma criança (o site divide a lista por "menores de 12 anos" e "maiores de 12 anos"), sendo 38 do gênero masculino e 19 do gênero feminino. A única criança no sistema da Polícia Civil não é mais criança. Edson Rodrigo Batista da Silva sumiu dia 5 de abril de 1992, ou seja, há 36 anos completados nesta quinta.

Quarta, 04 Abril 2018

Mãe descobre que filho está vivo e o revê 16 anos após sumiço no México

Uma mãe descobriu que o filho estava vivo e pôde reencontrá-lo depois de ficar 16 anos sem notícias do caçula. A hondurenha Clementia Murcia saiu em caranava com a organização Movimento Migrante Mesoamericano e passou cinco anos à procura do parente pelo México. Nesta semana, ela soube que Mauro Orlando Funes Murcia morava em Guadalajara.

Terça, 03 Abril 2018

Taxista encontra filha, 24 anos depois de esta ter desaparecido

Wang Mingqing, um taxista da cidade chinesa de Chengdu (província de Suchuan), nunca desistiu de procurar a filha Qifeng, que há 24 anos desapareceu da banca de fruta onde trabalhava com a mulher. Nesta terça-feira, depois de mais de duas décadas de busca incessante, a família reencontrou-se finalmente.

Terça, 03 Abril 2018

1 criança desaparecida a cada 15 minutos

É isso mesmo que você leu: pelo menos uma criança desaparece a cada 15 minutos no Brasil. Faltam estatísticas oficiais das secretarias de Segurança Pública, mas esta é a estimativa com a qual trabalha o CFM (Conselho Federal de Medicina). A maior parte das crianças desaparecidas (60,52%) são meninas. Acontece todos os dias - e em todas as classes sociais. Embora a frequência de casos seja maior em áreas carentes, os relatos provam que qualquer família pode ser vítima.

Segunda, 02 Abril 2018

'Polícia Civil trata como prioridade', mas ainda não tem pistas de menina de 12 anos desaparecida em Natal

As investigações sobre o desaparecimento de Yasmin Lorena de Araújo, de 12 anos, é uma das prioridades da Delegacia Especializada em Capturas (Decap), segundo o delegado Elias Nobre. A equipe, porém, ainda não tem pistas do que teria acontecido à menina. Ela foi vista pela última vez por volta das 13h da quarta-feira (28), próximo à casa onde mora, na comunidade da África, no bairro da Redinha, Zona Norte de Natal.

Realização:

Apoio:

FECHAR X